Monday, March 05, 2007



Cenário:Sala de estar, lareira acesa, um puff...
Personagens:Mamã, Papá e Bebé.
Acção:Papá no puff, Mamã no chão e Dioguito a tentar andar entre o Papá e a Mamã, de repente sente-se apertado entre os dois e houve-se um sonoro: MAMÃAAAAAAAAAAAA. Desde então sempre que se sente em apuros ou quando não consegue alcancar algo que quer lá se houve MAMÂAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
FIM

4 comments:

Anonymous said...

Este Sr. Diogo é assim.
Qualquer dia até já grita GLORIOOOOOOOOOOOOOOOOOOOSO SLBêeeeeeeÊEEEEEEEEEEE!

Simão said...

então, mas não é para isso q as mamãs servem?! Olha, eu começei a dizer mamã qd fiquei internado no hospital aos 8 meses, até ai era só papapapa mas qd me vi tb atrapalhadito, nem hesitei foi logo MAMÃ!!!!

Cátia Pereira said...

:-) E a mamã toda babada!
BEijokas

a mamã do reguila said...

e assim fez-se musica para os teus ouvidos e baba a escorrer pela sala até dizer chega- yupiiiii
cá por casa andamos a guardar esta palavrinha para um momento especial (e a mamã espera e espera)
beijinhos